Glossário

Astrobiologia: é o campo que trabalha com a criação de teorias – tais como a panspermia – sobre a distribuição, natureza, e futuro da vida no Universo. Em cima disso, ecologistas microbiólogos, astrônomos, cientistas planetários, geoquímicos, filósofos e exploradores cooperam para guiar construtivamente a procura por vida em outros planetas. Astrobiólogos são particularmente interessados no estudo dos extremófilos, como a saber quantos organismos desse tipo são capazes de sobreviver em ambientes similares àqueles existentes noutros planetas. Por exemplo, Marte talvez possua regiões abaixo da sua superfície que poderia abrigar comunidades endolitas. O oceano de água da lua Europa (um satélite natural do planeta Júpiter) talvez também possa abrigar vida, especialmente se hipotetizada a existência de uma saída hidrotérmica no fundo do oceano. Wikipédia

Exoplaneta: é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol e, desta forma, pertence a um sistema planetário distinto do nosso.
Mesmo por estimativas, as observações cada vez mais frequentes de exoplanetas gigantes reforçam a possibilidade de que alguns desses sistemas planetários possam conter planetas menores e consequentemente abrigar vida extraterrestre. Wikipédia

Extremófilo: é o organismo que consegue sobreviver ou até necessita fisicamente de condições geoquímicas extremas, prejudiciais à maioria das outras formas de vida na Terra.
Os mais conhecidos extremófilos são micróbios. O domínio Archaea contém renomados exemplos, mas extremófilos são presentes em inúmeras e diversas linhagens genéticas de bactérias e archaeanos. Além disto, é errôneo utilizar o termo extremófilo para englobar todos os archaeanos, já que alguns são mesófilos. Nem todos os extremófilos são unicelulares; protostômios encontrados em ambientes similares incluem o verme de Pompéia, os psicrófilos Grylloblattodea (insetos), Krill antártico (um crustáceo) e os Tardigradas. Wikipédia

Anúncios

2 Respostas

  1. […] astrobiologia, ramo da ciência que estuda o surgimento, distribuição e evolução da vida no Universo, há […]

  2. […] possivelmente trilhões de exoplanetas em zona habitável, ou seja, planetas semelhantes à […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: